Elus Coëns

 A ORC: Elus Coëns é o ramo teúrgico da Ordem, que trabalha embasado em cerimônias mágicas e nas doutrinas derivadas do fundador da Tradição, Martinez de Pasqually.

Elus Coën

O objetivo da Ordem é restaurar a antiga glória do Homem, para que uma vez mais posa reingressar a sua antiga e correspondente posição dentro das hierarquias celestiais. Este objetivo será alcançado através do uso da invocação e cooperação com entidades espirituais, que podemos denominar “anjos”. Esta interação tem lugar durante operações teúrgicas de Magia Cerimonial. O trabalho macrocósmico da Ordem é reintegrar a todos os seres em seus poderes e virtudes anteriores, para a glória de Deus, da Mônada, e o benefício da humanidade.

Sendo possivelmente uma das mais antigas Escolas organizadas de Magia Cerimonial ainda operando na Europa, instrui aos iniciados Coëns dentro de um sistema completo e compreensivo de Magia Teúrgica Celestial, que não tinha comparação ao momento de sua fundação, e que, todavia é único em seus métodos e enfoque. O trabalho com este sistema envolve tanto invocações quanto proscrições, com uma grande ênfase em dirigir entidades angélicas e demoníacas dentro das mandalas que denominamos “círculos operatórios”. Enquanto os poderes se movem dentro dos círculos, o mundo dos espíritos é mudado e em consequência o mundo material também o será.

O Padre Fundador da Ordem foi Martinez de Pasqually, o filho de Monsieur de la Tour de la Case, um Mestre Maçom francês com uma patente hereditária, o que lhe dava o direito de abrir novas lojas. Esta patente foi dada a Martinez de Pasqually por seu pai e foi respaldada pelo Grão Mestre da Loja Stuart, o Príncipe Charles Edward Stuart.

A patente Maçônica deu ao rito uma estrutura, enquanto que a doutrina foi trazida da profundidade dos tempos, dos limites mesmo do esquecimento: correntes espirituais conduzidas por antigos mestres Gnósticos e Judeus e ensinamentos secretos transmitidos pessoalmente de mestre a estudante, através de manuscritos e grimórios. Martinez de Pasqually recebeu estas linhagens sucessórias das mãos de um mestre da África do Norte.

Martinez de Pasqually começou a reunir membros para seu novo sistema em 1754, fundando o Capítulo “Les Juges Ecoissases” — “Os Juízes Escoceses” —, em Montpellier.

Em 1765 Pasqually recebeu a consagração da Grande Loja Francesa por seu trabalho, depois de ter informado que abrira cinco Lojas com sua patente Stuart. Este reconhecimento deu legalidade ao sistema, e tornou-o um dos mais precoces entre os altos graus na Franco Maçonaria.

O soberano Santuário foi formado em 1767, e os anos seguintes até a morte de Pasqually em 1774, foram os anos dourados do rito, com Lojas em quase todas as grandes cidades da França.

Depois da morte de seu fundador, o rito foi desaparecendo lentamente da cena inici ática, mas a atividade continuou em grupos menores. A semente, a linhagem da Ordem subsiste, porém não esta submisso a outros sistemas, não interrompidos até a atualidade.

Os Elus Coëns foram incorporados pela ORC durante o equinócio do aniversário de 250º anos do trabalho de Pasqually, através da fundação da Ordem. A ORC tem mantido intactas todas as partes essenciais do sistema do século XVIII, porém quando tem sido necessário tem tomado às medidas requeridas para que possa subsistir no século XXI, tendo em consideração as obrigações contemporâneas dos iniciados na atualidade.

Os Elus Coëns trabalham dentro de um total de sete graus iniciáticos. A progressão nos graus está baseada na capacidade de realizar as cerimônias exitosamente, ou seja, que o iniciado demonstre cabalmente sua habilidade para gerar mudanças mágicas em conformidade com o espírito de nossos objetivos divinos.

FILIAÇÃO

A filiação a ORC EC está aberta a todos os membros da Voie Cardiaque tenham alcançado o segundo grau de iniciado e que, após debater com um membro mais antigo, sejam considerados mental e espiritualmente capacitados para este trabalho particular.

Qualquer candidato que busque a iniciação deve ter algum tipo de conhecimento e experiência com magia cerimonial, e deve ter algum tipo de prática espiritual, de maneira regular e individual.

Os Elus Coëns da ORC estão operando atualmente na Noruega, Suécia, Canadá, Espanha e Argentina.

 

 

philosophical table